18 de abril de 2010

No anúncio Pingo Doce!!



O tema pode já estar um pouco batido, mas não deixa de se adequar! Afinal no meu Pingo Doce as gajas não são boas, são gordas de tal forma que mal se consegue mexer na caixa registadora! Estou séculos nas filas, porque as velhas passam dois produtos e têm que chamar a gerente porque já se enganaram!



Depois de 8 minutos numa fila do Pingo Doce:

Velha: Boa tarde (com ar cansado)
M: Boas.

PI
PI
PI
PI
ups.. enganei-me. Ó CARLA! PRECISO QUE VENHAS AQUI FAZER UMA ANULAÇÃO! PASSEI 2 VEZES O MESMO QUEIJO!
(após 2 mins à espera da anulação)
PI
PI
PI

V: O menino (?!) vai desejar um saquinho?
M: Não, obrigado (desesperado)
V: 20.46 Euros.. Ai, está aqui registado um saco... devo ter-me enganado! Espere um bocadinho que eu anulo.
M: Olhe, não obrigado! Deixe estar que eu levo o saco para casa!
V: Ai, obrigado menino (toda contente porque vendeu mais um saco de plástico por 2 cêntimos!)

7 comentários:

Maria Oliveira disse...

Oh Miguel! Desta vez não concordo. Eu nutro um ódio profundo pelo Pingo Doce, mas como ex-trabalhadora do estabelecimento em questão tenho que me defender.
Aquelas máquinas onde se passam os produtos são, desculpem a expressão, uma MERDA. Se passares um produto por engano superior a 5 euros tens de pegar no telefone e chamar alguém para te ir socorrer. Eu era perita em fazer isso :D especialmente quando eram packs de cerveja mais pesados do que eu, quando aquilo ia a passar "UPSS, passou duas vezes, tenho de chamar alguém para anular (cara de "quero um buraco para me esconder"). E depois era olhar para a cara de felicidade das pessoas que estavam à espera (igual à que tu fizeste).
Tem lá um bocadinho de pena das senhoras, que elas são mal tratadas pelos clientes e ainda ganham mal que se farta.

DianaCosta disse...

épah, eu concordo 100% contigo, mas também temos que dar um desconto. Eu se passasse tantas horas a ouvir aquela musica, como as coitadas das senhoras das caixas, também não ia trabalhar em condições. Aquilo dá cabe do cérebro de qualquer um. xD

Catarina disse...

AH AH!Isto agora lembrou-me a minha ultima ida ao Pingo Doce com uma amiga.Depois de fazermos as nossas compras ao som dessa musica fenomenal (nada irritante..), dirigimo-nos para a caixa para pagar. Enquanto esperavamos na fila, o homem que estava atrás de nós e que ja era um bcd velhinho perguntou-nos se podia passar-nos à frente uma vez que só ia comprar uma bebida. Nós, como boas samaritanas que somos, dissemos que sim ( tb não queriamos que ele morresse de velhice ali á espera) e ele lá passou. Não é que a pessoa q estava atras dele se vira para nós e diz: ó meninas nao se importam q eu passe tb porque só tenho isto na mão? Eu fiz aquela cara de aborrecida e resignada mas a minha amiga lá diz que sim outra vez...resumindo, com a lentidao da senhora da caixa acabamos por esperar um BOM bocado. Assim que chegou a nossa vez, pagamos rapidamente, nao fosse a mulher atrás de nós ( que por sinal tb so tinha uma coisa na mao) aproveitar-se da nossa boa vontade!

Jurei que nunca mais ia ser boa pessoa no supermecado!

Cláudia Neves disse...

Pois...que não aches as empregadas boas é uma coisa...agora criticares o seu trabalho já é outra.Só quem lá está (ou noutras superficies) é que sabe como é( e acredita que se apanha lá muita gente parva).
Espero que não me leves a mal.
Não é a crer desculpar o pingo doce porque o raio da musica ja chateia e chego a ter pesadelos....XD
Adorei a versão da música á lá jaimão...muito original como sempre.

M disse...

Maria: Não sabia que já tinhas trabalhado no Pingo Doce lol... e não, não te consigo imaginar com uma grade de minis nas mãos...

A todos os outros: Peço desculpa pela forma como descrevi a senhora, mas vinha mesmo enervado do raio do supermercado, então saiu-me tudo de forma muito ríspida...
Também já trabalhei na Pizza Hut e sei como é difícil fazer boa cara para todos os brujeços que nos aparecem à frente, no entanto mantinha sempre uma postura profissional, com um sorriso na fucinhêra, mesmoque a minha vontade fosse estrangular quem estivesse à minha frente, ou dar-lhe pontapés no cu... adiante, sim acredito que as senhoras sofram comiseradamente aquelas horas de trabalho, mas cada um deve saber dar a volta por cima e mostrar-se o mais profissional possível, certo?


Catarina: É por isso que eu vou para o inferno, nunca cedo o meu lugar a ninguem!

Cláudia Neves disse...

Entendido!
Mas é obvio que nem toda a gente é assim...há maus profissionais em todo o lado,assim como bons profissionais...
As vezes temos azar....XD

Patricia SL disse...

ah ah....

o PingoDoce anda a dar que falar, mas isto das velhas andraem a enganar os clientes tá demais. lol