11 de junho de 2010

REPVBLICA DOMVS EPULAE

Tenho o prazer de informar a criação da melhor república universitária deste país, a DOMVS EPULAE!

A ideia surgiu na véspera do exame de Introdução ao Direito, com dois grandes amigos, ou melhores amigos, lá do curso: Anthony Meira e Alex Abreu.

A vontade de estudar era tanta que decidimos fazer uma massa italiana, afinal o que é um estudo se não estamos bem alimentados? (Já no exame anterior decidimos tentar fazer uma Quiche, e não podem dizer que ficou mal feita!)

Ora, como em época de exames a casa do Anthony tornou-se nossa casa, e como as boas bebedeiras são sempre lá, os fins de noitadas, as pré-noitadas, entre outras obscenidades pré e pós, decidimos que República era um nome giro a dar à casa, e sendo nós de Direito, tinha que ter um nome em latim!

Na véspera de exame organizou-se a festa toda, a decorrer no dia a seguir (ontem) porque hoje era feriado.
Assim foi, as pessoas atropelaram-se para poder ir à festa de inauguração da republica, e o resultado não ficou aquem do esperado!

Decoração romana, heras, alcool, muito alcool, amigos e amigas, musica dos anos 80 (o tema era "Bacum 80's" ou seja, vamos celebrar o deus do vinho ao som de música dos anos 80!) e muitas actividades.

Como seria de esperar houve muita bebedeira, alucinação, desabafos de bêbedo, entre outros. Fica uma foto para comprovar a sanidade mental!


Quanto ao exame? Fantástico! Palavras para quê? Até caça às cábula houve!

6 comentários:

b disse...

É irritante o som que emite, principalmente se alguem tem sono ou pretende estar concentrado em algo.
A ideia de matar alguem e por as portas da Galp é gira, falaria-se mais sobre o respeito pelo próximo (digo eu).

p.s: Boa Sorte para os exames.

Plastic Love disse...

Grandes festas do Sr Miguel... :D

M disse...

Claro B =)

Plastic Love, já sabes que comigo a vida é uma festa constante!

André Lopes disse...

Miguel, se quiseres ir lá espreitar o baile de finalista à escola está a vontade!
és bem-vindo!

vais da minha parte :)

taniah disse...

mas tenho a certeza que a REPVBLICA DOMUS EPULAE soube pedir um abeas corpus para a absolvição temporária das cábulas ;)

Maxwel Quintão disse...

Vou este ano para a universidade e estou ansioso pela vida académica!